Facebook

Impermeabilizantes


Encontre na Casa da Vedação Impermeabilizantes
São substâncias que detêm a água, fungos e bactérias (proteção) impedindo suas passagens, muito utilizados no revestimento de peças e objetos que devem ser mantidos secos e livres de contaminantes. Agem eliminando ou reduzindo a porosidade do material conforme projeto, preenchendo infiltrações e isolando a umidade do meio.
Na construção civil, são empregados no isolamento de fundações, pisos, telhados, lajes, paredes, reservatórios e piscinas.
Podem ter origem natural ou sintética, orgânica ou inorgânica, hoje em dia um dos mais procurados é o impermeabilizante acrílico, por sua durabilidade

Sistemas de Impermeabilização na Construção Civil
A impermeabilização é um sistema responsável por selar, colmatar ou vedar os materiais porosos e suas falhas, sejam elas motivadas por momentos estruturais ou por deficiências técnicas de preparo e de execução.
O sistema de impermeabilização propicia conforto aos usuários finais de qualquer construção, seja ela comercial, industrial ou residencial.
É uma etapa da construção civil muito importante, mas que muitas vezes é deixada de lado por motivos de contenção de gastos e desinformação, resultando na umidade e no aparecimento de patologias de impermeabilização resultando em ambientes insalubres e com aspecto desagradável, apresentando manchas, bolores, oxidação das armaduras, entre outros.
Etapas do processo de impermeabilizar
Para definir o tipo de impermeabilização que pode ser empregado é necessária uma avaliação dos seguintes aspectos: Comportamento físico do elemento e água sobre o elemento.
Tipos de sistemas de impermeabilização
Os sistemas de impermeabilização podem ser classificados em rígidos e flexíveis e estão relacionados às partes construtivas sujeitas ou não, a fissuração
Impermeabilização rígida
A impermeabilização rígida é aquela que torna a área aplicada impermeável pela inclusão de aditivos químicos, aliado à correta granulometria dos agregados e redução da porosidade do elemento, entre outros. Os impermeabilizantes rígidos não trabalham junto com a estrutura, o que leva a exclusão de áreas expostas a grandes variações de temperatura. Este tipo de impermeabilização é indicado para locais que não estão sujeitos a trincas ou fissuras, tais como:
• Locais com carga estrutural estabilizada: poço de elevador, reservatório inferior de água (enterrado);
• Pequenas estruturas isostáticas expostas;
• Condições de temperatura constantes: subsolos, galerias e piscinas enterradas, galeria de barragens.
Impermeabilização flexível
Impermeabilização flexível compreende o conjunto de materiais ou produtos aplicáveis nas partes construtivas sujeitas à fissuração que podem ser divididos em dois tipos: moldados no local, chamados de membranas e também os pré-fabricados, chamados de mantas.
Os materiais utilizados para impermeabilização flexível são compostos geralmente por elastômeros e polímeros.
Os sistemas pré-fabricados, como a manta asfáltica, possuem espessuras definidas e controladas pelo processo industrial, podendo ser aplicados normalmente em uma única camada.
O sistema moldado no local que pode ser aplicado a quente, como os asfaltos em bloco, ou aplicado a frio, como as emulsões e soluções, possuem espessuras variadas. Exigem aplicação em camadas superpostas, sendo observado para cada produto, um tempo de secagem diferenciado.
O sistema flexível de impermeabilização é normalmente empregado em locais tais como:
• Reservatórios de água superior;
• Varandas, terraços e coberturas;
• Lajes maciças, mistas ou pré-moldadas;
• Piscinas suspensas e espelhos d'água;
• Calhas de grandes dimensões;
• Galerias de trens;
• Pisos frios (banheiros, cozinhas, áreas de serviço).

LOJA

Av. Eng. Antônio Francisco de Paula Souza, 4025, Jardim São Vicente - Campinas / SP
CEP 13045-137

VENDAS

19 3790 2990
vendas@casadavedacao.com.br